Bruxelas em um dia

Viajandinhos,

Continuamos nossa saga de viagens curtas feitas em um dia porque sabemos que como nós há muitos viajandinhas com pouco tempo e dinheiro rodando essa grande Europa. Bruxelas, com certeza, está naquela lista de cidades lindas que devem ser visitadas, mas que deixam um rombo no nosso orçamento. Então, que tal uma paradinha para conhecer a capital Belga sem gastar muito?  Confira nossas dicas e veja como nossa experiência pode ajudar no seu roteiro de viagem.

Viajandinhas na Grand Place na Bélgica
Grand Place

Bruxelas: como chegamos

🚆 Antes dos pontos que visitamos, vale falar que pegamos um trem de Bruges para Bruxelas logo de manhã que custou em torno de 15 € (dezembro 2018) e teve uma duração de viagem de aproximadamente 40 minutos.
Compramos na própria estação, mas você pode comprar online e já deixar seu roteiro definido.

Marche Aux Puces: o Mercado das Pulgas

Perto da estação, na Place du Seu de Balle, começa às 7 da manhã o famoso Mercado das Pulgas e foi por lá que começamos nosso passeio. Nessa praça é possível negociar e ver todo dia de mercadoria de segunda mão. Um prato cheio para quem gosta de antiguidades, história e de uma boa pechincha.

Bruxelas e o mercado das pulgas
Mercado das Pulgas

Sablon: Catedral e Jardim

pós o Mercado das Pulgas, fomos até o bairro de Sablon. Fizemos um pequeno Tour pela região e vimos o Conservatório Real de Música, o Tribunal de Justiça de Bruxelas e a praça Poelaert. Pegamos o elevador para chegar na parte mais alta e garantir uma vista bonita da cidade (inclusive você consegue ver o Átomo, um dos monumentos mais famosos da cidade). Não fomos até o Átomo porque ele é afatado e em um dia deixaríamos de ver muitas coisas, mas nesse link você vê todas as informações que precisa para visitá-lo.

Conseguimos fazer todo o nosso mini roteiro a pé. E fomos conhecer o Petit Sablon e igreja de Notre-Dame du Sablon que tem arquitetura gótica.

Ambos os lugares são gratuitos para entrar. A caminhada do mercado até o bairro durou cerca de 15 minutos.

Agora é hora de explorar a cidade! A Capital Belga é cheia de estátuas que vão te captar e de monumentos lindos. O problema é que em um dia não tem como conhecer tudo isso, por isso você deve escolher o que realmente quer ver.

Museus e Palácios

Só uma pequena dica, essa terra é cheia de museus. Se você gosta, se joga! Eu mesma passei em frente ao Museu do Magritte e fiquei com o coração apertado por não conseguir visita-lo.
>> Veja uma lista com os melhores museus da cidade.

Pertinho dali você também pode visitar o Palácio Real de Bruxelas que é uma das construções mais famosas da cidade. O Palácio está ao sul do Parque de Bruxelas, na parte mais alta da cidade e o parque também vale a visita.

>> Tudo sobre o Palácio de Bruxelas

Mannequin Pis

Essa vai ser a maior decepção do passeio, mas não custa ir lá ver a minúscula estátua do mijão, digo do Mannequin Pis. Mas melhor do que a estátua em si é a galeria que você vai entrar para vê-la (prepare-se para enfrentar todos os turistas possíveis e se deliciar com as lojas de chocolate da região). Afinal, o que é visitar Bruxelas e não se deliciar com os chocolates e cervejas?

Mannequin Pis pelado
Mannequin Pis

Confesso que o Mennequin foi apenas uma desculpa para me acabar nos chocolates.

Quando fui o menino de bronze estava peladão, mas seu “guarda-roupa” já tem hoje em dia 800 peças. Tá bom pra você? Nas festividades da cidade ele se veste, mas em dias normais ele prefere ficar mais a vontade.

Ali perto você encontra também o famoso grafite do personagem Tintin. Nos bairros de Laeken e Auderghem, você consegue ver mais de 50 murais desse famoso desenho animado, além de outros personagens.IMG_1541

Eu só quero chocolate

Não vou dizer nada, apenas compartilhar meus momentos de felicidade com vocês.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Wafles, chocolates e cervejas. Lembre-se que a Bélgica não é um país barato, então, nem tudo são flores. Mas, se tiver com um pouco mais de tempo e verba, que tal experimentar um tour de cervejas ou dos chocolates?

Ambos os passeios custam em média 30 € (dezembro 2018) e duram cerca de 2 horas. Achou caro? Bora gastar esse dinheiro comendo as trufas em uma das mil lojas que você vai achar.

Grand Place de Bruxelas

Terminamos nosso passeio na Grande Praça ou Grand Place. Por aqui as construções são de tirar o fôlego. Sabe quando está tudo tão conservado que você acha que é cenário? Mas a verdade é que o conjunto arquitetônico foi feito no século XVII e reune a prefeitura e famosos edifícios como Maison des Ducs de Braban, Maison du Roi (casa do Rei feita em 1536), Hotel de Ville (construído em 1459) e alguns outros que fazem dessa praça um local perfeito para curtir o final da tarde em algum restaurante externo.

Bruxelas e a Grande Place
Grand Place: tente tirar uma foto que não tenha mil pessoas ao seu lado.

Se você quiser acompanhar todos os vídeos que fizemos, veja no nosso destaque do Instagram 🙂

Espero que tenham curtido nosso dia em Bruxelas e que você possa aproveitar o seu também!

Beijos,
Elisa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s