Cartagena: dicas e roteiros

Viajandinhos,

Ir para a Colômbia e não conhecer Cartagena é algo impensável. Por isso, a Paula Tavares preparou esse último post para você conhecer o melhor dessa simpática cidadezinha. Confira só!

Bandeira da Colômbia em Cartagena
Um amor chamado Cartagena

>> Já viu as dicas de San Andrés?


Cartagena: dicas da Paula Tavares

Quanto tempo ficar

Aconselho ficar entre 4 e 7 dias. Tem muito o que conhecer e é realmente uma cidade apaixonante.

O que fazer em Cartagena

Cidade Amuralhada

Esse é a dica top 1 da nossa lista. Parece exagero, mas quando você conhecer a Cidade Amuralhada também vai se encantar! É a melhor parte e vale a viagem.

Andar por aquelas ruas, babar nas portas, varandas, flores e cores, observar os artistas de rua, o pessoal de humanas vendendo suas artes, as palenqueras.. é incrível.

É uma cidade muito cheia de vida, é gente de todo lugar pra todo lado. Lá dentro tem umas 4 praças diferentes e uma delas tem a estátua de Gertrudes, feita por Botero.

➡️TEM QUE SEGURAR NO PEITO DE GERTRUDES pra ter sorte no amor, e na bunda pra voltar a Cartagena. Façam os dois, pra garantir.

Free Walk Tour

Dentro da cidade amuralhada tem o tour a pé e de graça no qual o guia explica sobre a história de Cartagena, as sacadas, portas, telhados e tudo mais que faz de Cartagena tão diferente. Sai às 10:30, em espanhol, e às 16:30, em inglês.

Atenção:

O tour de 10:30 (em espanhol) geralmente não acontece por falta de adesão e eles só saem com 8 pessoas no mínimo. O pagamento você que decide quanta acha válido pagar.

Museu da Inquisição

A Colômbia teve um dos piores tribunais da América Latina e nesse museu conta toda a história. Achei bem legal.

💰Ao contrário dos outros museus, esse paga pra entrar. Algo em torno de 25 reais, fica dentro da Cidade Amuralhada.

Café del Mar

Para assistir um dos pores do sol mais incríveis que você vai ver esse é o lugar!

Os drinks são carinhos, pra média, mas ali você paga pela experiência. Mais tarde a galera também encosta por lá, mas me descreveram como uma balada a céu aberto e eu não vi isso. A galera senta pra beber e conversar.

San Felipe de Barajas

Os colombianos dizem que é um castelo, mas é um forte. É legalzinho e tal, faz parte da história da cidade, mas se não der tempo de ir, não precisa sofrer.

Getsemaní

Sem dúvidas o melhor bairro! Fica DO LADO da cidade amuralhada e tem preços mais interessantes do que os hotéis que ficam dentro das muralhas. É lindinho também e tem o parque Santa Clara que conta com food trucks com comida muito boa e preços muitos bons também.

Playa Blanca e Barú

Me falaram que a Plaza Blanca tem vendedores chatos e que é lotada, então preferi comprar um day use e ir pra Barú. O passeio que eu fiz ia por terra até Playa Blanca e depois mais 5 minutos de lancha até Baru. Dava direito a utilizar a estrutura de um hostel e almoço. A praia é de fato bem bonita com água cristalina, mas mesmo Barú tava bem cheia e os vendedores que te abordam o tempo inteiro meio que estragam a experiência. Não saí de lá com uma boa impressão. Sem contar que depois encontramos uns gringos que conhecemos lá, e eles contaram que um deles foi furtado. Deixou o celular e a carteira dando bobeira, e ficou sem. Acontece em qualquer lugar do mundo, mas levando em consideração que é uma praia semi-privada…

Ali também é preciso tomar cuidado com vendedores e suas ofertas. Eles te oferecem ostras, massagem sem mencionar preço e depois querem te cobrar uma fortuna.

Islas del Rosário e Oceanário

Cartagena tem 67 ilhas que compõem as Islas del Rosário e um dos passeios mais famosos, é o que passa por alguma dessas ilhas e para num Oceanário. Não fiz esse porque me informaram que era tipo um zoológico marinho. Preferi aproveitar uma das ilhas mesmo.

Praias Particulares

Existem várias ilhas que vendem o day use, Isla del Encanto, Gente de Mar, Bora Bora.. algumas dessas ilhas tem mais estrutura por causa dos resorts que existem por lá e geralmente essas são as ilhas de “família”  (onde vão crianças). Outras ilhas (segundo me informaram, não são oferecidas para quem tem criança) são mais tranquilas.

Eu fui pra Bora Bora. O valor era bem honesto, saiu por COP 150.000 com almoço e transporte de lancha. Mas com essas ilhas, tenha em mente que é mar aberto e elas são longe. Ou seja, 50 minutos de lancha e batendo meeeesmo. Porém, o resultado vale super a pena. A vista é linda, a comida é boa, e você fica lá deitado o dia inteiro no verdadeiro Dolce far niente.

Dicas gerais para aproveitar mais

Como as praias de Cartagena não são tão bonitas, a dica é ir pras ilhas do rosário, e isso consome boa parte do dia. Por isso, se esse for um dos seus objetivos, adicione dias de acordo, pois existem várias ilhas particulares com day use que valem super a pena. Eu amei Cartagena, mas como qualquer outra cidade, se você sair do eixo mais turístico, é uma cidade normal. No caminho de volta de San Filipe de Barajas, entrei em algumas ruas no caminho de Getsemaní que eram meio desertas.

Ressalva

Todos os colombianos me falaram que eu deveria ter ido pra Medellin. Disseram que é uma cidade linda, super limpa, em que tudo funciona, cheia de cultura e vida. E super segura, apesar do seu passado tenso. Fica a dica pra quem tá com roteiro aberto.

> Confira as dicas de Bogotá


Espero que vocês tenham curtido as dicas da Paula e se inspirem para montar seu roteiro e também dividir com a gente sua experiência. Assim, fica mais fácil para outros viajandinhos pesquisarem sobre o próximo destino 😉

Beijos, Viajandinhas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s