Travessia Petrópolis x Teresópolis: 1º dia

Viajandinhos lindos!
Quem nos acompanhou nosso Instagram, viu que fizemos a travessiaPetrópolis x Teresópolis na Serra dos Órgãos na Região Serrana do Rio de Janeiro. E, como amamos compartilhar nossas experiências, vamos dividir essa travessia em 3 posts, um para cada dia de viagem. Assim, conseguimos passar várias dicas sem ficar cansativo pra vocês. Então, que tal embarcar nessa aventura com a gente?

Travessia Teresópolis Petrópolis e trilha
Parte da trilha do morro do Açú

Informações básicas

Ponto de saída: Portaria do Parque Nacional Serra dos Órgãos em Petrópolis.
Distância: Entre 7 e 8 kms
Trechos técnicos: sem trechos com necessidade de equipamento, mas com subida íngreme no trecho conhecido como Isabeloca. A mata é fechada até a Pedra do Queijo, mas depois abre.
Passe filtro e leve capa de chuva!
Tempo: Mais ou menos 6 horas de subida.
Melhor trajeto: De Petrópolis para Teresópolis. Mais subidas, mas os trechos técnicos estão voltados para esse sentido.

Dicas sobre a travessia

Essa é uma travessia muito bem sinalizada, então, dificilmente você irá se perder se resolver se aventurar com seu grupo.

 Eu, particularmente, optei por guias. O pessoal do Amantes da Montanha já reservou tudo pra gente e não precisei me preocupar com nada. S U P E R indico!

Mas no site do parque você pode reservar seu lugar nos abrigos que são bem honestos. Lá terá cozinha com utensílios, beliche (verificar disponibilidade) ou bivaque e você pode optar por levar sua barraca.
 Eu acho que dormindo no abrigo você tira um peso considerável da mochila, então recomendo.

No Morro do Açú essa é a pedra da tartaruga
Pedra da Tartaruga

Outra coisa boa dessa travessia é que você tem direito a um banho quente.
💰São 5 minutos e o valor é de R$ 15,00, mas vai fazer total diferença no seu percurso.

Saída do Rio de Janeiro

Saímos do Rio de Janeiro as 4:30 da manhã do sábado com uma van que os guias indicaram. Foi ótimo, pois encontramos o grupo e chegamos no horário combinado no ponto de encontro. A entrada do parque em Petrópolis não é tão fácil de ser achada, então, considerei uma boa escolha.

💰A van apenas de ida foi R$ 60,00

Primeiro dia: roteiro

Começamos a trilha 7:45 da manhã. O roteiro costuma ter 4 paradas e o percurso é de aproximadamente 8 kms. É claro que as paradas você pode determinar de acordo com o seu condicionamento físico e do seu grupo.

Melhor trajeto da travessia Petrópolis e Teresópolis
Primeira parada

Primeira parada

Após 40 minutos de caminhada você já encontra o primeiro ponto de parada, a parte inicial da trilha é tranquila. Difícil é você se acostumar com o peso da mochila.

Pedra do Queijo

A segunda parada já é na Pedra do Queijo. É uma parada famosa, mas eu só vi nuvens Infelizmente o tempo estava bem encoberto.

Segunda parada na travessia da Serra dos
Pedra do Queijo, sem vista :/

Pedra do Ajax

Essa é a terceira parada e é antes do famoso trecho Isabeloca que é a parte mais íngreme do primeiro dia. O trajeto foi reformado e ficou um pouco mais acessível. Dá pra cansar, mas não é impossível. É nesse ponto que tem abastecimento de água, pois há uma fonte confiável.

Água na travessia Petrópolis Teresópolis
Ajax. Ponto de reabastecimento de água

Após a Isabeloca

Logo após essa subida que dura cerca de 30 minutos, há um ponto com pedras e com uma vista bem bonita (é o que dizem). É a parada do “Graças a Deus” e você tem um visual já bem interessante. Infelizmente, o tempo tava nublado e não conseguimos ver nada.

Chegada no A

Chegamos no Açú por volta de 13:30 da tarde. Almoçamos e entrei na fila pro banho. Esse é o nosso abrigo e o quarto.

O que fazer após a chegada

Não se engane se você acha que após sua chegada seu dia acabou. Aproveite para visitar a região. A Pedra da Tartaruga e o Cruzeiro são lindos lugares para explorar. O tempo abriu e conseguimos ter uma vista muito linda do Rio de Janeiro.

Vista da Pedra da Tartaruga no Castelo do Açe
Toda minha destreza na subida
Viajandinha na Pedra da Tartaruga no Açú
Começou a abrir o tempo! Olha meu sorriso 🙂
Pedra da Tartaruga na Serra dos Órgãos
No meio da Pedra da Tartaruga. O pessoal curte colocar a barraca aqui, mas não é o ideal por afunilar o vento e a água da chuva

Após o pôr do sol, voltei para o abrigo e fiquei com meu grupo curtindo a noite. Esse é um momento ótimo para você conhecer novas pessoas e fazer amizades. Aproveite e confira nossos cliques:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Semana que vem vamos continuar nossa travessia. Vem com a gente? Tenho certeza que você vai se apaixonar por essa serra 😊

Beijos!

Autora Elisa
Anúncios

5 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s