Instituto Inhotim: Arte e natureza

Autora Elisa

Oi pessoal,

Eu queria falar um pouquinho mais do nosso país Resultado de imagem para bandeira do brasil png que tem lugares incríveis e, geralmente, oferece viagens mais econômicas. Por isso, o post de hoje é sobre o Instituto Inhotim que é considerado o maior centro de arte ao céu aberto da América Latina e fica em Minas Gerais, pertinho da capital Belo Horizonte. Esse é um daqueles lugares que você não pode deixar de conhecer.

Inhotim faz a combinação perfeita entre arte, entretenimento e natureza, ou seja, um passeio digno pra toda a família que tenha um pouco mais de disposição.

Preste atenção nessas diquinhas básicas baseadas na minha experiência para que seu passeio seja agradável e que você se prepare 😉

Adriana Varejão em Inhotim
Após a visita ao pavilhão da Adriana Varejão – Inhotim

A viagem até Inhotim

Saímos de Belo Horizonte, cedo (umas 7h mais ou menos) e partimos rumo à Inhotim que fica em Brumadinho. Eu fui com mais 3 primos que moram em BH, então, não tive custos com hospedagem e não passei mais do que um dia no parque, infelizmente.

De Belo Horizonte a Inhotim
Mapa da distância de Belo Horizonte até Inhotim.

➡ Mas caso você queira se hospedar e aproveitar um final de semana lá, por exemplo, há ótimas dicas no site do parque.

A distância entre a capital mineira e o Instituto Inhotim é curta. São aproximadamente 60 kms, o que você faz tranquilamente em 1h30min de viagem, indo de carro. Chegamos lá um pouco antes da abertura do parque que acontece às 9:30, mas já tinha gente organizando os carros no estacionamento (ponto pra eles!)

➡ Lembrando que o local não funciona às segundas-feiras. Você pode conferir todos os horários no site do instituto.

Inhotim em Brumadinho. Lago do parque
Lago do parque.

Preço da entrada

Essa viagem já tem um tempinho, então paguei um pouco mais barato que o preço disponível no site hoje. A entrada em si não é absurda e tem desconto para estudantes, além deles aceitarem cartão:

  • R$ 40 a inteira aos finais de semana
  • As quartas-feiras a entrada é gratuita – se não for feriado

Mas fique atento aos preços por lá! Se você pretende almoçar ou lanchar, vá preparado (de verdade).

No parque eles não permitem piqueniques nem a entrada de alimentos, mas uma boa dica é você levar uma garrafa de água para abastecer nos bebedouros espalhados pelo parque.

Prepare suas pernas

A natureza que renasce em Inhotim MG
Os famosos bancos de madeira de Inhotim

O parque fecha às 17:30, ou seja, andamos muito em um dia. Fomos nos galpões mais badalados como o da Adriana Varejão, o do Hélio Oiticia e demos um mergulho no vermelho de Cildo Meireles. Além das instalações permanentes, há muitas obras que conversam com a natureza e que são de coleções.

➡ Você pode optar em andar com um carrinho no parque, não sei muito bem como funciona, nós fomos a pé mesmo.

Ir a pé exige certa persistência para conhecer certas obras, como a do americano Chris Burden. Mas não desistam, vale a pena!

inhotim1
“Beam drop” ou ” A queda das vigas” de Chris Burden

Em cada obra de arte você recebe estímulos diferentes, Uma explora mais sua visão, outra a audição, outras você pode experimentar sensações. Para mim, a galeria mais divertida foi a Cosmococa (até o nome é intrigante)de Hélio Oiticica, devido as experiências que ele te propõe.

Dicas do que levar

Passado todo os spoilers que eu podia dar sobre o passeio. Vamos as dicas práticas:

  • Veja a previsão do tempo: lá o chão é de terra, você não vai querer ir na chuva.
  • Passe filtro solar e leve chápeu (essa é clichê).
  • Vá com sapatos confortáveis – se ignorar as outras dicas não ignore essa!
  • Pegue o mapa do parque, porque ele é realmente grande.
  • Confira a programação no site, você pode se surpreender.
Troca-Troca de Jarbas Lopes
Troca-Troca de Jarbas Lopes
Caleidoscópio Inhotim
Viewing Machine de Olafur Eliasson. Um grande caleidoscópio.
Inhotim e as obras de Giuseppe Penon
Elevazione, a árvore que voa. Obra de Giuseppe Penon

Bom, agora é só aproveitar o passeio!

Já viu nosso post sobre Arraial do Cabo? Tenho certeza que você também vai curtir essa dica 😉

Beijo grande Elisa.

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Olá meninas
    Bem eu só conheço Minas Gerais de passagem, mas pelas suas dicas aqui este lugar é bem interessante.
    Como você disse o Brasil é lindo e tem lugares incríveis para conhecer.
    Eu sempre que posso procuro viajar aqui dentro para conhecer melhor meu país.
    Lindo post, conteúdo bem relevante.
    Bjs
    Isabel
    http://www.maisqueumaviajante.com.br

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s