De León a Barcelona

Autora Bel

Estreando a tag #cilada, vou contar pra vocês o nosso perrengue fim de semana em Barcelona. Para esclarecer, Barcelona é incrível, maravilhoso e imagino que no verão seja tudo 1000x melhor!

Eu e a Elisa resolvemos passar um findi em Barcelona. Era janeiro de 2015, frio pra caramba em León e Barcelona nos parecia o mais acessível passeio para fazermos aquele final de semana
Um ônibus de León para Barcelona dura, em média, 11 horas e lá fomos nós…

O início da jornada

Passagem de ônibus

Não me lembro quanto pagamos na passagem, mas hoje, no site da ALSA, está EUR 46,10 a ida e EUR 45,83  a volta. Atualmente, isso está mais ou menos R$ 300,00.  Mas, acredito que não pagamos isso tudo, se não, escolheríamos outro destino rs. Devia tá rolando alguma promoção. 

O Hostel escolhido

Pegamos o ônibus na sexta a noite e chegamos em Barcelona no sábado de manhã, prontas para aproveitar o dia. Fomos fazer check-in no hostel e, claro, de manhã cedinho a única coisa que nos deixaram fazer foi deixar as mochilas no locker.
Ficamos no Hostel Kabul. Como todo hostel, não é a coisa mais confortável do mundo, mas é muito bem localizado! Ele fica muito próximo da principal avenida de Barcelona, tem café e jantar (!!).
Para o jantar, a dica é estar no hostel umas 18h porque se acabar, acabou e você fica sem… é como se fosse um agrado do hostel.
Bom, mochilas deixadas, fomos explorar a cidade.
Atenção: se você quer dicas de como festejar em Barcelona, está lendo o post errado. Fomos para tentar conhecer tudo que a cidade pode oferecer de dia e, de preferência, gratuitamente.

Sábado: o primeiro dia em Barcelona

No sábado, fizemos um passeio na cidade, visitando os pontos turísticos a pé.
À tarde, fomos no Museu Nacional de Arte de Catalunha, fica dentro do Palácio Nacional.
A Elisa gosta de museus e resolvemos entrar. Afinal, OLHA A DICA: aos sábados depois das 15h é de graça! E tínhamos visto que à noitinha tem um espetáculo de luzes e chafariz, chamado Font Mágica de Montjuïc.


Horário de funcionamento Horários de Visita:
De outubro a abril:
De terça a sábado, das 10:00 às 18:00 horas.
Domingos e feriados, das 10:00 às 15:00 horas.
Segundas, fechado – exceto feriados.
De maio a setembro:
De terça a sábado, das 10:00 às 20:00 horas.
Domingos e feriados, das 10:00 às 15:00 horas.
Segundas, fechado – exceto feriados.


Ícone preço  Preços:
Adultos: 12€.
Estudantes: 30% de desconto.
Menores de 16 e maiores de 65 anos: entrada gratuita.
Primeiro domingo do mês e sábados a partir das 15:00 horas: entrada gratuita.

Após a visita ao museu, esperamos, esperamos, esperamos, esperamos mais um pouquinho sentadinhas na escada e… NA-DA! Não teve!! OPA, ISSO É CILADA!
Então, meus caros, informem-se para saber se o espetáculo não está em manutenção, se vai ter mesmo, os dias que têm, etc.
Fomos para o hostel, comemos nossa jantinha (bem inha mesmo). É um agrado do hostel, não espere nada muito além de um pouco de macarrão pra dar aquela tapeada. Estávamos exaustas e só queríamos dormir.
O nosso quarto era quádruplo: nós duas e duas argentinas. As argentinas estavam fazendo o passeio inverso do nosso: dorme de dia, festeja a noite. Imaginem que não tivemos a noite mais tranquila, já que chegaram acendendo todas as luzes, fazendo barulho, etc.
Acho que não tínhamos nem 50 euros na carteira para pagar hostel, passear, comer, enfim, fazer tudo. Barcelona é muito caro! Todas as atrações turísticas são caras e, então, resolvemos entrar apenas em uma.

Domingo: conhecendo o Parque Güell

No domingo, acordamos cedo, tomamos um café reforçado, fizemos check-out no hostel e fomos para um jardim labirinto (Parc del Laberint d’Horta), que tínhamos visto em algum roteiro que a entrada aos domingos era gratuita. É um pouco distante, pegamos um ônibus e fomos passeando em um bairro que parecia residencial.
É um bom lugar para fazer picnic, levar crianças… Para nós, é um lugar bonito e diferente do roteiro tradicional de Barcelona.
Talvez se você não tiver mais nada para conhecer lá ou queira fugir do convencional, valha a visita. (Eu, na verdade, me senti naquele clipe da Taylor Swift do Romeu e Julieta).
 
Como disse, escolhemos entrar em apenas uma atração turística e o escolhido foi o Park Güell. Que lugar lindo!! Gaudí realmente é um talento e Barcelona é ainda mais encantadora por toda a arte que ele deixou lá!
Como estávamos fazendo uma viagem low cost, resolvemos levar nossos próprios sanduíches – um baguete para cada dia. O meu no domingo estava estragado 😦
Mas, tudo bem. Eu experimentei o tradicional “pan con tomate” deles. Eu sou a louca dos tomates e o pão com tomate é muuuuito bom! Eles pegam o tomate com azeite e esfregam o pão, fica uma delícia! Vale a dica 😉
 
Passamos na Sagrada Família, afinal, merecia a foto e começou a chover!! Foi o tempo da foto rapidinha e tomar um café para fugir da chuva.
 
Pela foto não dá nem pra acreditar que choveu, mas foi real! Surgiu uma chuva e caiu o mundo!

Voltando para Léon 

Fim do dia, hora de pegar o ônibus de volta para León e encarar mais 11h de viagem.
Saímos de Barcelona era umas 18h e pouca e chegamos em León de manhã bem cedinho.
A Elisa foi para a aula de Espanhol direto e eu aproveitei minha manhã de folga.
Obs.: Esse post não quer dizer que Barcelona seja cilada. Longe disso… O nosso roteiro low cost, ida e volta de ônibus depois de uma semana inteira de aulas foi o que nos deixou exaustas… Tão exaustas que na terça-feira fomos para o hospital. Eu com febre e crise alérgica e a Elisa com exaustão (sério!).
Por hoje é só.
Beijinhos,
Bel.
Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s